Classes de Materiais de Acabamento e Revestimento

Para evitar a propagação do fogo e o desprendimento de fumaça a legislação exige que os materiais de pisos, paredes/divisórias, tetos/forros e coberturas atendam classes específicas de acordo com a ocupação do edifício. Após saber o grupo da edificação e sua divisão é possível saber quais as características específicas que o material a ser aplicado deve ter. Para simplificar o processo, é preciso apenas empregar o material que atenda a classe requisitada na tabela B1 da instrução Técnica n° 10/2011 CBPMESP.

As classes são: Classe I, II-A, III-A, IV-A, V-A e Classe VI.

O que Significa a Classe do Material?

A Classe indica a combustibilidade (1) do material, o índice de propagação superficial de chama (2) e densidade ótica de fumaça (3).Por exemplo, se o material possui Classe II-A significa que é um material combustível, que tem índice de propagação de chamas menor que 25 e densidade ótica de fumaça menor que 450.

Tabela A2 da Intrução Técnica

Tabela A2 da Instrução Técnica N° 10 do Corpo de Bombeiros

Como Saber a Classe de um Determinado Material?

A Classe do material é obtida em laboratório através de ensaios específicos conforme métodos estabelecidos pelas normas ISSO 1182, NBR 9442 e ASTM E662.O fabricante do material fornece o laudo afirmando pelo laboratório a classe correspondente aquele material especifico. O laboratório mais aconselhável é o do IPT.

Comments

comments